O futuro já chegou! A tecnologia se aliou à segurança para diminuir o número de fraudes e casos de clonagem de documentos na logística

As facilidades de resolver tudo à distância, como enviar e receber documentos e autorizações, trouxe maior fluidez à vida profissional de milhares de pessoas mundo afora. Porém, essa praticidade também aumentou o número de golpes e estelionatos, como clonagens de documentos e casos de falsidade ideológica.

Para inibir esse tipo de crime, surgiu uma nova aplicação para uma tecnologia já existente: o reconhecimento facial. Ele baseia-se na técnica biométrica cujos softwares codificam cerca de 80 pontos do rosto humano, como o tamanho do queixo e a distância entre os olhos. Outros pontos que o sistema considera importante são aqueles tidos como únicos, como marcas de nascença e cicatrizes.

Esses pontos mapeados são comparados através de uma série de algoritmos matemáticos que dividem as imagens em pixels e, posteriormente, os pixels em pontos de dados – cujo conjunto é chamado de assinatura facial. A partir daí é que o sistema encontra pontos em comum entre a foto armazenada e a foto apresentada.

Porém, essa tecnologia vai além, encontrando soluções para problemas que sequer imaginamos que existam em um primeiro momento. Como o grau de assertividade dessa comparação pode mudar de acordo com a posição, iluminação e expressão em que o rosto em questão foi fotografado, o programa tem a capacidade de simular em 3D alguns moldes digitais para essa fotografia. Dessa forma, ele consegue avaliar a foto em diferentes ângulos, poses, iluminações e até mesmo simular a musculatura facial tensa e relaxada.

Como a tecnologia ajuda minha empresa?

A Buonny, com um sistema inteligente, atrelado a seu banco de dados, implantou o sistema de reconhecimento facial no processo de cadastro de perfil profissional de motorista no Teleconsult. O sistema anti-fraude compara a foto do banco de dados com a da CNH fornecida pela empresa em que o motorista pretende carregar, coibindo casos de falsidade ideológica e de clonagem de documentos.

Tudo isso para trazer maior segurança ao cliente, a fim de ter mais confiança na hora de entregar a carga para o motorista, certificando-se de que ele realmente é quem diz ser – e não um estelionatário interessado em desviar a carga.

Após a implantação do sistema, mais de 50 falsários foram identificados, evitando assim prejuízos de mais de R$ 7,2 milhões. Desde então, nenhum cliente foi vítima de clonagem com o status “Liberado”.

Essa solução minimiza também os riscos de apropriação indébita de cargas, além de identificar profissionais com documentação irregular – como CNH vencida. Conheça agora as soluções da Buonny, que unem tecnologia e segurança para evitar perdas em sua operação.

Cadastro e Consulta de Profissionais

Entrar

Monitoramento de
Cargas 24h

ENTRAR

Software de Gestão Logística

ENTRAR

Câncer de mama: a prevenção está em suas mãos

| DICAS | Sem Comentários
Neste mês, realiza-se a campanha do Outubro Rosa, desde os anos 1990, onde busca-se conscientizar sobre a importância da prevenção do câncer de mama, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. A campanha foi criada pela Fundação Susan G. Komen…

Prevenção de acidentes: por que essa é a melhor ferramenta para o caminhoneiro?

| AMIGOS DA CARGA, Caminhões, DICAS, Gerenciamento de Riscos, Rodovias, SEGURANÇA, Transporte | Sem Comentários
Na semana em que comemoramos o Dia Nacional de Segurança no Trânsito, Buonny enfatiza a importância da direção preventiva e da saúde de motoristas (mais…)

Filial Buonny Minas: mudanças para atender ainda melhor

| Gerenciamento de Riscos | Sem Comentários
Sob nova gestão e com novo espaço, a filial Buonny Minas está ainda mais preparada para atender os clientes da região (mais…)

Campanha aplica teste de COVID-19 e vacina contra H1N1 em caminhoneiros

| AMIGOS DA CARGA, DICAS, Gerenciamento de Riscos, Gestão de Frota, LOGÍSTICA, Rodovias, SEGURANÇA, TECNOLOGIA, Transporte | Sem Comentários
Em cinco pontos da Baixada Santista (SP), é possível realizar a testes do COVID-19 e se vacinar contra o H1N1 (mais…)