Viajando pelas estradas brasileiras, muitos caminhões transitam cheios ou com excesso de peso. Essa situação pode colocar em risco a vida do motorista. Trafegar com carga em excesso aumenta a chance de causar acidentes.

Apesar da grande fiscalização do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), da verificação dos limites estabelecidos para cada veículo e das balanças de pesagem, muitos motoristas se arriscam viajando com cargas acima do limite permitido por lei.

O presidente da Fetropar, João Batista da Silva, alerta que os profissionais devem prezar pela própria segurança em situações como essa. “Mesmo que a exigência seja do empregador, o trabalhador não deve viajar com excesso de peso. Viajar apenas com a carga dentro do limite garante a segurança para o motorista”, afirma.

Problemas com o excesso

Um dos principais problemas causados pelos veículos que andam com o peso acima do que é permitido é a elevação de poluentes na atmosfera. Essa situação é causada pela má distribuição da carga por eixo, que acaba reduzindo o desempenho do caminhão.

O excesso de carga também dificulta a realização de possíveis manobras na estrada, reduzindo a capacidade de frenagem do veículo e diminuindo a possibilidade de se evitar acidentes. Isso prejudica a parte mecânica do veículo, fazendo com que o motor trabalhe mais e acabe consumindo mais combustível.

A qualidade do asfalto das estradas é outro fator prejudicado pelo carregamento excessivo de cargas. O peso acima do permitido acaba elevando o número de buracos e fissuras do asfalto e afundando o pavimento. Isso acarreta o aumento do fluxo de carros e provoca acidentes.

Cada veículo possui um peso limite de carga permitido por lei. O descumprimento dessa regra gera multa, caracterizada de acordo com o peso ultrapassado. Os valores variam entre R$ 85,13 para até 600 kg e R$ 191,54 para cada 500 kg – quando o caminhão ultrapassa 1.001 kg.

Fonte: goo.gl/n8kLZ4

Câncer de mama: a prevenção está em suas mãos

| DICAS | Sem Comentários
Neste mês, realiza-se a campanha do Outubro Rosa, desde os anos 1990, onde busca-se conscientizar sobre a importância da prevenção do câncer de mama, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. A campanha foi criada pela Fundação Susan G. Komen…

Prevenção de acidentes: por que essa é a melhor ferramenta para o caminhoneiro?

| AMIGOS DA CARGA, Caminhões, DICAS, Gerenciamento de Riscos, Rodovias, SEGURANÇA, Transporte | Sem Comentários
Na semana em que comemoramos o Dia Nacional de Segurança no Trânsito, Buonny enfatiza a importância da direção preventiva e da saúde de motoristas (mais…)

Filial Buonny Minas: mudanças para atender ainda melhor

| Gerenciamento de Riscos | Sem Comentários
Sob nova gestão e com novo espaço, a filial Buonny Minas está ainda mais preparada para atender os clientes da região (mais…)

Campanha aplica teste de COVID-19 e vacina contra H1N1 em caminhoneiros

| AMIGOS DA CARGA, DICAS, Gerenciamento de Riscos, Gestão de Frota, LOGÍSTICA, Rodovias, SEGURANÇA, TECNOLOGIA, Transporte | Sem Comentários
Em cinco pontos da Baixada Santista (SP), é possível realizar a testes do COVID-19 e se vacinar contra o H1N1 (mais…)
  RESPEITO SE CONQUISTA COM ATITUDES
SÃO PAULO – SP
55 11  5079.2500 / 55 11  3443.2500
BELO HORIZONTE – MG
55 31  3653.6317
CURITIBA – PR
55 41  3015.7109
PORTO ALEGRE – RS
55 51  3072.1375
GOIANIA – GO
55 62 3645.3400
SALVADOR – BA
55 71  3271.4680
SANTIAGO – CHILE
56 2 3251.1125
Buonny Projetos e Serviços de Riscos Securitários Ltda ® Todos os direitos reservados | Ouvidoria: 11 5079.2621 – ouvidoria@buonny.com.br
CNPJ: 06.326.025/0001-66 | IE: Isenta | Alameda dos Guatás, 191 – Jd. da Saúde – São Paulo / SP – CEP 04053-040