Muitas vezes somos questionados pelos motoristas profissionais sobre as infrações mais frequentes flagradas pela PRF. Agora vamos falar sobre as modificações nos veículos que mais geram multas e polêmicas com os caminhoneiros.

Talvez a mais comum de todas as infrações por modificação seja a de alteração do sistema de iluminação. De acordo com as normas vigentes, o veículo só pode ter luzes e faróis instalados que tenham sido previstos pelo fabricante do cavalinho ou da carreta. Assim, qualquer elemento luminoso no veículo que não tenha nicho ou local próprio para instalação já previsto no seu projeto original, pode ser enquadrado na infração de “Alteração de sistema de iluminação ou sinalização”.

Isso inclui faróis de milha, painéis luminosos com mensagens, faróis de LED e Xenon não originais de fábrica, fitas de LED, luzes traseiras ou dianteiras que não estejam no grupo ótico original, luzes de seta brancas ou de qual­­­quer cor que não seja âmbar, amarelo ou laranja, dentre outras inovações.

Outra modificação polêmica é a de “arrebitar” a traseira do caminhão ou carreta. A Resolução 479/14 do Contran tratou deste tema e estabeleceu algumas regras para os veículos de carga com PBT acima de 3.500 Kg: “a suspensão do eixo dianteiro não pode ser modificada; caso haja modificação na suspensão, a altura livre do solo deve constar no documento do caminhão; o ângulo do “arrebitamento” não pode ser maior do que dois graus”.

Agora, como medir esses dois graus e saber se o “arrebitamento” está legalizado? Basta marcar dois pontos (X e Y) na longarina, no sentido do comprimento do veículo, distantes a exatamente 1 metro um do outro. Aí mede-se a distância para o chão no ponto X e depois a distância para o chão do ponto Y. A diferença entre a altura do ponto X ao chão e do ponto Y ao chão não pode ser maior do que 3,5 cm (ou 35 mm). Se estiver irregular, essa modificação pode ser enquadrada como alteração de característica original do veículo.

Por fim, outro acessório proibido e bastante utilizado são as capas de porcas de rodas do tipo “spike” ou americanas. Esses objetos pontudos foram proibidos pela Resolução 426/12 do CONTRAN.

Vale lembrar que estas três infrações citadas são do tipo grave, com multa de R$ 195,23, mais 5 pontos para o proprietário e podem causar a retenção do veículo até a regularização. Por isso, para evitar dores de cabeça, aproveite para dar uma conferida nesses itens e garantir uma viagem tranquila. Se ainda tiver alguma dúvida, procure um posto da PRF e converse com nossos policiais de plantão.

Fonte: goo.gl/sJHUaf

Profissionais essenciais continuam com compromisso e dedicação

| AMIGOS DA CARGA, Gerenciamento de Riscos, Rodovias, SEGURANÇA, Transporte | Sem Comentários
A crise que estamos vivenciando por causa da pandemia que afeta todo o planeta deixa em posição de evidência muitos profissionais que, por desempenharem funções essenciais para a sociedade, não podem parar de trabalhar.Além dos profissionais das áreas da saúde e da segurança, outros setores, como o de telecomunicações, alimentação,…

Prevenção é fundamental para motoristas

| DICAS, SEGURANÇA | Sem Comentários
COVID-19Prevenção é fundamental para motoristas Em razão da pandemia do coronavírus, a prevenção é a ação mais importante para quem trafega pelas estradas do nosso país. Por isso, redobrar cuidados com higiene é fundamental para que motoristas de caminhões se protejam da contaminação com o vírus. Nesse momento crítico, é…

Iscas eletrônicas: a tecnologia a serviço da segurança de cargas

| AMIGOS DA CARGA, Caminhões, Gerenciamento de Riscos, SEGURANÇA, TECNOLOGIA | Sem Comentários
Iscas eletrônicas: a tecnologia a serviço da segurança de cargas (mais…)

Como o reconhecimento facial agrega segurança ao transporte de cargas

| AMIGOS DA CARGA, Gerenciamento de Riscos, SEGURANÇA, TECNOLOGIA | Sem Comentários
O futuro já chegou! A tecnologia se aliou à segurança para diminuir o número de fraudes e casos de clonagem de documentos na logística (mais…)
  RESPEITO SE CONQUISTA COM ATITUDES
SÃO PAULO – SP
55 11  5079.2500 / 55 11  3443.2500
BELO HORIZONTE – MG
55 31  3653.6317
CURITIBA – PR
55 41  3015.7109
PORTO ALEGRE – RS
55 51  3072.1375
GOIANIA – GO
55 62 3645.3400
SALVADOR – BA
55 71  3271.4680
SANTIAGO – CHILE
56 2 3251.1125
Buonny Projetos e Serviços de Riscos Securitários Ltda ® Todos os direitos reservados | Ouvidoria: 11 5079.2621 – ouvidoria@buonny.com.br
CNPJ: 06.326.025/0001-66 | IE: Isenta | Alameda dos Guatás, 191 – Jd. da Saúde – São Paulo / SP – CEP 04053-040