Após três anos de quedas consecutivas, o segmento de caminhões pesados se mostrou o protagonista no início da recuperação do mercado de veículos comerciais, conforme aponta o balanço de 2017 da Anfavea.

Enquanto as vendas totais do mercado de caminhões encerraram o ano passado com alta de 2,7%, para 51.941 unidades, somente os licenciamentos de pesados cresceram 23,4%, com 18.747 caminhões vendidos, participação de 36%, 6 pontos porcentuais a mais que no ano anterior.

Nenhuma outra categoria apresentou resultado tão robusto. Ao contrário, segmentos importantes, tradicionalmente de grandes volumes, como os leves e os semipesados, ainda fecharam 2017 com queda na comparação com 2016.

A faixa de modelos destinados às operações essencialmente urbanas somou no ano passado 11.687 licenciamentos, declínio de 11,2% sobre o volume do ano anterior, de 13.160 unidades. A participação dos leves no mercado de caminhões, que foi de 26%, em 2016, quando as vendas alcançaram 50.559 unidades, caiu para 22,5%, em 2017.

O recuo nas vendas dos semipesados foi menor, mais ainda acentuada. No passado, o mercado absorveu 13.542 caminhões da categoria, queda de 6,5% em relação às 14.478 unidades negociadas em 2016. O resultado também reduziu a fatia do segmento no mercado total de 28,6% para 26%.

Além dos pesados, os semileves e os médios foram as outras categorias que mais contribuíram com a alta das vendas no ano passado, embora os primeiros tenham apresentado um desempenho estável, com leve alta de 0,2%, para 3.522 unidades contra 3.514 licenciamentos no ano anterior. O comportamento das vendas praticamente não alterou a participação da categoria no mercado total: tinha 6,9% em 2016 e encerrou 2017 com 6,9%.

Por fim, as vendas da categoria de caminhões médios cresceram 5,3% em 2017, para 4.443 veículos negociados. O volume, no entanto, praticamente não permitiu ao segmento ganhar participação, encerrando o período com 8,55% do mercado total, enquanto fechou 2016 com 8,35%.

Fonte: goo.gl/5xsXyt

Roubo de cargas apresenta queda em 2019, de acordo com NTC&Logística

| AMIGOS DA CARGA, ECONOMIA, Gerenciamento de Riscos, Gestão de Frota, LOGÍSTICA, Rodovias, SEGURANÇA, TECNOLOGIA, Transporte | Sem Comentários
A Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) acaba de apresentar dados estatísticos sobre roubos de cargas no Brasil, em 2019. (mais…)

Buonny é responsável pela segurança de transporte de máscaras e testes de Covid-19

| AMIGOS DA CARGA, ECONOMIA, Gerenciamento de Riscos, Gestão de Frota, LOGÍSTICA, Rodovias, SEGURANÇA, TECNOLOGIA, Transporte | Sem Comentários
Foram feitas mais de 40 viagens, avaliadas em mais de R$ 150 milhões, entre abril e maio (mais…)

Profissionais essenciais continuam com compromisso e dedicação

| AMIGOS DA CARGA, Gerenciamento de Riscos, Rodovias, SEGURANÇA, Transporte | Sem Comentários
A crise que estamos vivenciando por causa da pandemia que afeta todo o planeta deixa em posição de evidência muitos profissionais que, por desempenharem funções essenciais para a sociedade, não podem parar de trabalhar. (mais…)

Prevenção é fundamental para motoristas

| DICAS, SEGURANÇA | Sem Comentários
COVID-19Prevenção é fundamental para motoristas Em razão da pandemia do coronavírus, a prevenção é a ação mais importante para quem trafega pelas estradas do nosso país. Por isso, redobrar cuidados com higiene é fundamental para que motoristas de caminhões se protejam da contaminação com o vírus. Nesse momento crítico, é…
  RESPEITO SE CONQUISTA COM ATITUDES
SÃO PAULO – SP
55 11  5079.2500 / 55 11  3443.2500
BELO HORIZONTE – MG
55 31  3653.6317
CURITIBA – PR
55 41  3015.7109
PORTO ALEGRE – RS
55 51  3072.1375
GOIANIA – GO
55 62 3645.3400
SALVADOR – BA
55 71  3271.4680
SANTIAGO – CHILE
56 2 3251.1125
Buonny Projetos e Serviços de Riscos Securitários Ltda ® Todos os direitos reservados | Ouvidoria: 11 5079.2621 – ouvidoria@buonny.com.br
CNPJ: 06.326.025/0001-66 | IE: Isenta | Alameda dos Guatás, 191 – Jd. da Saúde – São Paulo / SP – CEP 04053-040